Curiosidades

Mania entre crianças, ‘slime’ feito em casa pode ser perigoso; entenda

Inúmeros tutoriais no YouTube ensinam a fazer em casa a famosa geleca ou slime, uma massa grudenta que é febre entre as crianças.

Apesar de divertida, a brincadeira pode trazer riscos à saúde, como alergias e queimaduras. O problema está na mistura dos ingredientes químicos encontrados nos produtos utilizados.

O bórax é a matéria-prima de alguns produtos de limpeza, como sabão em pó, inseticidas e outros. A ANVISA o avalia como classe toxicológica II, ou seja, altamente tóxico. A Sociedade Brasileira de Pediatria também alerta para os riscos da substância.

Além disso, em contato com a pele, o bórax pode causar feridas vermelhas, ardência e até dermatite de contato, uma reação que se assemelha a uma queimadura.

Quando usado em quantidade acima do recomendado, o bórax também pode provocar vômito, diarreia e irritações nos olhos.

Outros ingredientes usados para elaborar o slime, como bicarbonato de sódio, espuma de barbear, detergente, amaciantes de roupas e a própria cola branca também são produtos que, em contato direto com a pele por um tempo prolongado, podem causar irritações.

Segundo a Proteste, as gelecas industrializadas, que recebem o selo do Inmetro, são testadas, aprovadas e, portanto, mais seguras para as crianças.

Com informações do Catraca Livre


Compartilhe!
  • 2.7K
    Shares