Notícias

Coletiva de imprensa ao vivo: Doria fala sobre decreto de Bolsonaro

Transmissão de 13 de maio de 2020

O Governo de SP e a Secretaria de Estado da Saúde concedem uma nova coletiva de imprensa com os dados atualizados da pandemia de coronavírus.

Integrantes do governo de São Paulo avaliam qual será a posição do estado em relação ao decreto editado na segunda-feira (11) pelo presidente Jair Bolsonaro sobre atividades essenciais durante a pandemia.

O texto inclui academias salões de beleza e barbearias como serviços que devem funcionar em todo o país.

Clique abaixo no PLAY acompanhar a coletiva de imprensa de hoje (11) na íntegra:

O governador João Doria já sinalizou que é contra a abertura dos estabelecimentos citados acima e deve mantê-los fechados em todo o Estado de SP.

Há um entendimento do Superior Tribunal Federal (STF) de que governadores e prefeitos têm autonomia para decidir o que abre e fecha durante a quarentena.


Situação atual no Brasil e no Mundo:

— Mundo: mais de 4,2 milhões de casos confirmados e mais de 291 mil mortes;

— Brasil: 12.400 mortes e 177.589 casos confirmados em todas as unidades federativas, de acordo com o Ministério da Saúde;

— Maioria dos Estados é contra reabrir salões e acadamias; máscaras e álcool não funcionam nesses estabelecimentos

— Ministério da Saúde identifica 39 casos potencialmente anteriores ao 1º registro oficial da Covid-19 no País;


Compartilhe!