Notícias

Coletiva de imprensa ao vivo: Doria cede e flexibiliza quarentena na Grande SP

Transmissão de 29 de maio de 2020

O Governo de SP e a Secretaria de Estado da Saúde concedem uma nova coletiva de imprensa com os dados atualizados da pandemia de coronavírus.

Depois da reclamação de prefeitos a respeito do tratamento diferenciado para a capital paulista, o governador João Doria dividiu a Grande São Paulo em sub-regiões para flexibilização da quarentena.

Clique abaixo no PLAY acompanhar a coletiva de imprensa de hoje na íntegra, a partir das 12h30:

As cidades terão de se organizar nas sub-regiões e cada grupo terá de elaborar planos próprios de uma abertura faseada, nos mesmos moldes da flexibilização da quarentena apresentado pelo governo do Estado na quarta-feira, para só então ter a autorização para migrar para a fase laranja, que libera escritórios, shoppings e o comércio de rua, com restrições. Na capital, o prefeito Bruno Covas (PSDB) tenta agora propor uma abertura controlada, negociada com o setor privado, para evitar que o número de casos de covid-19 comprometa a capacidade dos sistemas de saúde.

Enquanto foi analisada como uma única região, a Grande São Paulo teria de ficar na zona vermelha. Já com a análise em sub-regiões, parte das cidades também receberá a classificação laranja, e autorizar a retomada de parte das atividades.

As sub-regiões são: Caieiras, Cajamar, Francisco Morato, Franco da Rocha e Mairiporã, na região norte; Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano, na área leste; Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, na região sudeste, o ABC; Cotia, Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista, no sudoeste; e, por fim, Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba, na região oeste. Além delas, há a capital, que já foi liberada.


Situação atual no Brasil e no Mundo:

— Mundo: mais de 5,8 milhões de casos confirmados e mais de 360 mil mortes;

— Brasil: 26.754 mortes e 438.238 casos confirmados em todas as unidades federativas, de acordo com o Ministério da Saúde;

— Em SP, 86% das cidades que tiveram alta de casos poderão reabrir comércio

— Com pandemia, PIB brasileiro recua 1,5% no trimestre


Compartilhe!